Press "Enter" to skip to content

*Senador Canedo terá órgão de Defesa Civil coordenado pela AMMA*

_ “Vamos trabalhar em conjunto entre a prefeitura e as forças de segurança para garantir à população medidas de prevenção e atendimento quando necessário”, destacou o prefeito _

O prefeito Fernando Pellozo anunciou que Senador Canedo contará com órgão de Proteção e Defesa Civil. A decisão foi tomada após reunião, realizada nesta segunda-feira (1º), com a participação do presidente da Agência Municipal de Meio Ambiente, Adriano Barcelos; do superintendente de Defesa Civil de Aparecida de Goiânia, Juliano Cardoso; da Defesa Civil Estadual, sargento Luciano; e de representantes do batalhão do Corpo de Bombeiros de Senador Canedo, tenente-coronel Washington e capitão Basílio.

“Senador Canedo vai entrar no mapa da Defesa Civil estadual e federal. Vamos trabalhar em conjunto entre a prefeitura e as forças de segurança para garantir à população medidas de prevenção e atendimento quando necessário”, ressaltou o prefeito. Segundo dados da Defesa Civil Estadual, atualmente, dos 246 municípios de Goiás, apenas 88 possuem lei de criação para operacionalização dessa entidade.

O projeto, que já está em fase final de implantação, será uma coordenadoria da AMMA, e vai aproveitar levantamentos técnicos obtidos pela agência sobre problemas de degradação em matas ciliares, erosão, pessoas que vivem em locais com situação de risco e em Áreas de Preservação Permanente (APP). “Após reuniões decidimos que seria interessante integrar junto à AMMA em função dos levantamentos que nós já temos. Vamos coordenar o trabalho em parceria com outros órgãos, como a Seinfra, Corpo de Bombeiros, coordenadoria estadual e federal”, explicou Adriano Barcelos.

Inicialmente, a Defesa Civil vai elaborar um estudo técnico com especificidades do município. Esses levantamentos serão importantes para entender as necessidades de emissão de alerta, monitoramento de eventos naturais e evacuações de áreas de risco.

Em caso de desastres, as equipes estarão prontas para socorrer a população atingida, organizando ações de resposta por meio de buscas e salvamento, primeiros socorros, assistência à população, fornecimento de materiais de primeira necessidade e restabelecimento dos serviços essenciais.

“Sabemos o desafio da prefeitura quando acontece um desastre. Gestões inteligentes não esperam esse tipo de situação ocorrer. Por isso, mapear a cidade, fazer uma radiografia dos problemas, traçar prognósticos e preventivamente buscar soluções é importante para que ponte não caia, represa não rompa, não haja incêndios florestais por exemplo”, ressaltou Juliano Cardoso, superintende de Proteção e Defesa Civil de Aparecida de Goiânia.

O trabalho da Defesa Civil é um elo importante de integração entre os órgãos municipais, estaduais e federal, para utilização de maquinários e equipes da prefeitura, aproximar as forças de segurança e buscar recursos junto ao Governo Federal.

Segundo o subcomandante dos Bombeiros de Senador Canedo, capitão Basílio, o munícipio ganhou um instrumento importante para garantir a segurança e dar uma resposta concisa caso haja ocorrências. “O Corpo de Bombeiro já está acostumado a atender a população em desastres, agora com um órgão especifico vai ser mais fácil integrar vários setores municipais para dar esse atendimento ao cidadão”, destacou o capitão.

Be First to Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mission News Theme by Compete Themes.